Alunos do Ensino Médio escrevem sobre a felicidade durante a pandemia

Atividade da aula de Português, para alunos do 1º ano do Ensino Médio, estimula alunos a escreverem sobre a felicidade em tempos de pandemia. A partir da leitura de um poema do livro Flores de Alvenaria, do poeta Sergio Vaz, os estudantes foram incentivados a escrever sobre como temos lembrado a felicidade de que NÓS existimos. Como estamos vivendo FELIZES a quarentena?

Por meio das aulas online, os alunos compartilharam os textos produzidos entre si, interagindo lendo e comentando o material produzido. “Em nossa plataforma digital, compartilhamos os textos, nossas angústias, alegrias e saudades do ambiente escolar físico. É importante dividirmos nossas ansiedades, medos e descobertas nesse momento peculiar e nossas vidas.”, conta Liliana Gomes, professora de Língua Portuguesa do Ensino Médio.

Confira, a seguir, alguns dos textos produzidos pelos alunos:

  • FELICIDADE (Por: Gabriel Ferrari)

A vida é curta. Temos que tentar aproveitá-la ao máximo.

Parar de ficar deitado na cama, pensando em coisas ruins.

Faça algo que te anime, converse com alguém, veja série, o que for, contanto que você fique feliz.

A quarentena está desanimando constantemente as pessoas.

Não deixe esse obstáculo fazer com que fique estressado diariamente, existem várias possibilidades de coisas para fazer. De repente alguma atividade física, assistir série, escutar música, muitas coisas que são possíveis.

Independente de coisas ruins acontecerem, pense que você tem sorte.

Sorte de estar vivo e estar vivendo a vida que vive, feliz ou não com ela, pense nos outros que não estão vivendo bem.

Pense em como a vida é boa enquanto escuta alguma música que goste.

Ajuda bastante, pense nas pessoas em seu entorno, que você convive.

Eu imagino que a maioria são boas, então, aproveite seu tempo com elas.

Para ficar feliz, geralmente escuto música e converso com pessoas que gosto. Estou fazendo bastante isso na quarentena.

Gosto bastante de ver redes sociais, dar risada vendo coisas diferentes que aparecem.

Pense em sempre ficar positivo, se algo ruim acontecer busque ajuda com pessoas que você sabe que fica feliz junto.

Enfim, felicidade sempre!

  • [Por: Juliana F.]

Como estou vivendo feliz a quarentena? ‌ Nesta quarentena tento sempre estar fazendo alguma coisa. Tirando as aulas, eu ando fazendo exercício físico com aula no FaceTime, vendo séries e filmes, ajudando a minha mãe com algumas coisas, conversando bastante com meus pais e também amo fazer doce; então, às vezes, faço. E ando escutando muita música. Mas uma coisa eu mudei nesta quarentena: vejo as coisas de outros modos, um exemplo é que estou morrendo de saudades da escola e nunca pensei que falaria isso!  ahaha e ando com saudade de coisas básicas. E quero muito que minha vida volte ao normal .

  • [Por: Carolina Porto]

Felicidade é um dos melhores sentimentos que nós temos, mas infelizmente não conseguimos saber como é realmente estar feliz quando nunca sentimos uma tristeza, um aperto no coração. Todo esse tempo dentro de casa me fez pensar em como nós não damos valor às coisas pequenas como um ataque de risos com os amigos ou até um simples abraço. Tenho passado minha quarentena pensando muito nas minhas ações, o que eu acho que não é algo muito saudável pelo simples fato de me deixar triste.  Quando você fica um longo período sem fazer nada, você acaba pensando demais o que muitas das vezes acaba nos deixando para baixo. Para me distrair eu estou cozinhando, revendo as minhas series preferidas, descobrindo novas músicas e até estou fazendo uma revista inspirada em minhas amigas, coisas que nunca faço, mas nada como um bom tédio para fazermos coisas que nunca pensamos que saberíamos fazer.

  • [Por: Bruno Marques]

Como estou vivendo feliz na quarentena? Bem, estou usando a quarentena para tentar ser o mais produtivo o possível, isso pois eu tenho um problema de continuidade, sempre começo algo com muita empolgação, então acabo fazendo algo rapidamente, porém isso também acaba sendo um problema, pois, depois de um tempo, outra coisa chama minha atenção e, por isso, demoro normalmente para acabar as coisas, sempre volto depois de um tempo para continuar o que não havia terminado. Porém, até voltar leva tempo, então decidi usar meu tempo de quarentena para poder terminar todas essas ações que deixei pela metade, isso inclui principalmente jogos, livros e auto estudos extracurriculares (começo a ver sobre uma matéria, principalmente física, e dificilmente vou até o final).

  • [Por: Luís Felipe Nordi]

O que é felicidade? O que é a felicidade se não algo para ser sentido e compartilhado? E nesta quarentena tenho tentado me manter entretido, tenho TENTADO aprender alemão, descobri que gosto de ler e tenho ouvido bastante música. Mas, acima de tudo isso, tenho tentado rir bastante de memes, afinal, o que é a comédia se não uma caricatura da vida? Sinto falta de correr, de sair com os meus amigos e de ‘zuar’. Nesta quarentena tive bastante tempo para refletir sobre a vida, meus valores, felicidade, amor e várias outras coisas mas o principal foi a seguinte: “ a vida foi feita para ser vivida não rebocada” Nordi, Marcos 2020 ou outra ótima frase “ a felicidade se encontra nos simples detalhes da vida” Nordi, Marcos 2020. E grande parte dessas frases inventadas por mim foi para tentar aliviar o clima pesado que a quarentena gera. Então desejo felicidade a todos.

  • [Por: Ricardo Machado]

Como estou mantendo minha felicidade durante a quarentena? Estou descobrindo o que gosto, praticando meus hobbies. A cada dia proponho uma lista de certas coisas que preciso fazer para ter um dia produtivo. Infelizmente, estou precisando acordar cedo para o ensino à distância, confesso que primeiro achei que seria simples, porém, com o tempo percebi que estava cansando muito mais que dias escolares presenciais. Porém, ter aulas em chamada com meus amigos está ajudando a manter a sanidade. Todo dia estou aprimorando minhas habilidades no violão, ukulele e bateria, pois tocar esses instrumentos me trazem prazer e satisfação. O sentimento de interpretar, aprender e tocar uma música nova é inexplicável. Estou pintando também, algo que me relaxa. Vario entre telas e roupas, nesse momento estou pintando uma jaqueta jeans, que era um objetivo que tinha mesmo antes da quarentena começar. Entretanto, também possuo tarefas diárias concedidas pela minha mãe para ajudar nos cuidados da casa. As funções variam, alguns dias ajuda nas roupas, a limpar a sala, e lavar a louça. Admito que tais práticas não seriam minhas escolhas pessoais para ocupar o tempo, mas percebo que durante esses tempos é necessário e eu sinceramente não tenho muita opção. Após fazer as prioridades da minha lista assisto series e filmes, algo que aprecio muito. Atualmente estou vendo High School Musical The Series, Mandalorian e Community. À noite tenho um costume, vou até o jardim coloco meu fone, sento-me em algo confortável e ouço música, sem nada próximo para me distrair. Confesso que já fiquei horas e ficaria ainda mais, caso não precisasse acordar as 7:30 da manhã. Foi somente 1 mês em casa, mas sinto que estive aqui desde o começo do ano. Sinto falta de sair, ir ao cinema, ir à praia, porém acima disso tudo sinto saudades dos meus amigos, de jogarmos sinuca, de tocarmos instrumentos, de nos encontrarmos cara a cara. Mesmo aproveitando o máximo que consigo, não vejo a hora disso acabar.

  • [Por: Isabella Izar]

O que é a felicidade para mim? De verdade eu não sei, só sei que a sinto quando estou com pessoas que gosto ou fazendo coisas que gosto, são aqueles pequenos momentos em que um sorriso aparece em meu rosto. Nessa quarentena a felicidade está aparecendo para mim todos os dias, como pequenas coisas, como por exemplo ver a serie que eu gosto, ligar para as minhas amigas e dizer que estou com saudades, lembrar de vários momentos engraçados, ver as lives de cantores e cantar bem alto e dançar muito, ver filmes com meus pais e jogar jogos de tabuleiro também, uma coisa que eu nunca fazia. Mesmo estando longe de tudo e de todos, sentindo essa saudade enorme de sair, ver meus amigos e até da escola, eu estou muito feliz, fazendo coisas que nunca fiz, passando mais tempo com minha mãe e meu pai e maratonando muita série. Acho que pra mim a felicidade é isso, apreciar as coisas boas mesmo elas sendo pequenas.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: