Sing a song

Uma atividade extracurricular tem movimentado os alunos do 4° ao 6° ano: o Singing Club.  Muito divertidos, os encontros desenvolvem habilidades musicais, sociais e culturais por meio da voz e do canto em grupo. “Isso é conseguido por meio do aprofundamento de técnicas e exercícios vocais específicos para a voz infantil bem como pelo contato com repertório de culturas e estilos variados”, explica a musicista Daisy Fragoso, responsável pela atividade. “Por conta do fazer musical coletivo, eles ainda aprendem a cantar em vozes e desenvolvem habilidades de escuta”.

see-saw_coral1

Hoje, o grupo, que reúne 16 alunos, se encontra duas vezes por semana. Atualmente, eles estão se dedicando a um repertório variado, tanto em inglês quanto em português, que inclui as canções Sweet child o’mine (Guns n’roses), A thousands years (Christina Perri), uma marchinha de carnaval, uma canção de ninar portuguesa e uma canção criada pela própria Daisy.

see-saw_coral2

O trabalho já tem rendido belos frutos. Fundado em abril de 2017, o coro, conhecido como See-Saw Panamby Children’s Choir, foi selecionado para participar do mais importante encontro de corais infantis do Brasil, o Gran Finale Festival. O concerto reuniu, no final do ano passado, os melhores corais infantis do país no Teatro Bradesco, em São Paulo, sob regência da maestrina Ruth Dwyer, da Butler University.  Para 2018, já está agendado um evento que acontecerá na cidade de São Francisco Xavier, no interior da capital. “E, para 2019, já temos uma apresentação agendada no famoso Carnegie Hall, em Nova York”, comemora a musicista. “Marcado para março, os coros selecionados serão conduzidos pelo maestro especialista em voz infantil Henry Leck, também da Butler University.”

Let’s Code Academy na SEE-SAW

Pouco antes de terminar seu mandato, o ex-presidente Barak Obama, dos Estados Unidos, pediu às crianças e aos jovens que não se limitem a apenas jogar no smartphone ou baixar o aplicativo da hora e sim que aprendam a programar para que tenham uma chance justa de sucesso nos novos caminhos da economia. “Essa habilidade ajuda na resolução de problemas, estimula o desenvolvimento lógico e a criatividade, competências fundamentais para o século XXI”, explica Tatiana Vazoni, da Let’s Code Academy, de São Paulo. “Além disso, esta geração estará mais apta para enfrentar os desafios futuros.” Pensando nisso, e totalmente alinhada com as novas tendências educacionais, a See-Saw incluiu na sua grade de atividades extracurriculares o curso de programação, em parceria com a Let´s Code. As aulas acontecem às segundas e quintas e são voltadas para o 4º ao 6º ano e do 8º em diante. Mais informações pelo telefone (11) 2609-3807. #seesaw#escolabilingue #programacaoparacriancas #educacaoinfantil