SEE-SAW English Plus

toddler augost

A partir de Agosto, a SEE-SAW  apresenta mais um importante diferencial: o período estendido e flexível.
O programa SEE-SAW English Plus oferecerá a possibilidade dos alunos do Toddler, K3 e K4 permanecerem na escola até às 17h30, realizando uma série de atividades complementares às já realizadas em horário habitual e totalmente em inglês.
Desenvolvido para auxiliar o aprimoramento de importantes habilidades já no início da vida escolar, o programa SEE-SAW English Plus também permitirá que as famílias usufruam da comodidade de estruturar uma rotina mais tranquila sabendo que os filhos serão incentivados a desenvolver todas as potencialidades ao mesmo tempo que recebem os cuidados necessários. 
As crianças participantes desse novo programa almoçarão na escola e depois poderão vivenciar tardes plenas de aprendizado, brincando imersos na segunda língua. 
Music Class, Body and Movement, Gardening, Arts, Cooking Class, Science e Storytelling estão entre as atividades especialmente planejadas para crianças de 1 ano e 6 meses até os 4 anos de idade.
Além disso,  aproveitarão espaços completamente renovados e adaptados às metodologias ativas de aprendizagem.
Para os interessados teremos também a opção de frequência apenas no período da tarde.
Venha nos fazer uma visita e conhecer o programa SEE-SAW English Plus.
Mais informações no telefone 3758-2241 ou no e-mail contato@see-saw.com.br

 

Quais são e como agem as novas drogas psicoativas?

Esse é um assunto bastante amplo e, por isso mesmo, vamos falar dos diferentes grupos de drogas em posts separados. Hoje, o foco são as novas substâncias psicoativas como a legal highs, party pills, herbal ecstasy, bath salts, synthetic cannabis, synthetic cocaine, K2 e Spice, só para citar alguns exemplos.

see-saw_drogas

“Embaladas como incenso ou como adubo para plantas, chegam praticamente em todos os lugares do mundo”, explica Cesar Pazinatto, diretor da See Saw Educação Bilíngue, em São Paulo e autor do livro Álcool e drogas na adolescência, um guia para pais e professores (ed. Contexto). “Elas recriam os efeitos de drogas conhecidas a partir de substâncias sintéticas ou mesmo de plantas psicoativas, que têm o poder de alterar a maneira como o cérebro e o sistema nervoso funcionam.”

Geralmente fabricadas em laboratórios caseiros, seus diferentes tipos já ultrapassam o número de drogas controladas internacionalmente. Bastante comuns na Europa e nos Estados Unidos, hoje tem na Ásia sua principal fonte de distribuição.    

 

21º Arraiá SEE-SAW Panamby

Fernanda e Rafaela 4 A

No próximo 9 de junho acontecerá o 21º Arraiá da SEE-SAW Panamby. Entre alunos, pais, professores e convidados, são esperado mais de 850 pessoas.

Quadrilhas, barracas típicas e brinquedos são as atrações principais e mais uma vez, nosso bingo será em prol do Projeto Casulo.

Os convites são vendidos apenas de maneira antecipada e alunos e ex-alunos não pagam.

Compareça.

Você conhece os diferentes tipos de bullying

Pesquisa realizada pelas Nações Unidas com 100 mil crianças e jovens de 18 países mostrou que, em média, metade deles sofreu algum tipo de bullying por razões como aparência física, gênero, orientação sexual, etnia ou país de origem.

No Brasil, esse percentual é de 43%, taxa semelhante a outros países da região: Argentina (47,8%), Chile (33,2%), Uruguai (36,7%) e Colômbia (43,5%). Em países desenvolvidos, a taxa também gira em torno de 40% a 50%, como é o caso de Alemanha (35,7%), Noruega (40,4%) e Espanha (39,8%).

O estudo mostrou ainda que o bullying é um fenômeno complexo que toma múltiplas formas. São elas:

Verbal: se manifesta pelo uso de palavras cruéis, xingamentos, ameaças e comentários desrespeitosos sobre determinados atributos. Em geral, estão relacionados à aparência, religião, etnia, deficiência, orientação sexual e assim por diante.

Física: como o próprio nome diz, se define pela agressão ou intimidação física que envolve o ato repetido de bater, chutar, fazer tropeçar, bloquear a passagem, empurrar, e tocar de maneiras indesejáveis, inadequadas e agressivas algumas partes do corpo da pessoa agredida.

Social: também conhecido como relacional, é usado para impedir que alguém faça parte de um grupo, seja na mesa do almoço, jogo, esporte ou atividade social. Também envolve exclusão ou intimidação.see-saw (3)

Cyberbullying: decorrente do desenvolvimento da internet, acontece quando alguém espalha mentiras e falsos rumores através de e-mails, mensagens de texto e redes sociais.