Conhecer nosso passado, entender o presente e construir o futuro – parte 1

Como primeira parte do projeto de estudo dos alunos do 7º ano na área de Geografia, História e Ciências, fizemos uma visita ao Centro Histórico de São Paulo.

Na intenção de conhecer o contexto da origem e do desenvolvimento da cidade, realizamos um roteiro que constata um testemunho ainda existente do crescimento de São Paulo.

Conhecer o entorno do Teatro Municipal, subir no Farol Santander,  percorrer o Viaduto do Chá e o Vale do Anhangabaú, andar pela Rua Direita, passar na Bolsa de Valores e chegar até a Praça da Sé, no Marco Zero do Estado de São Paulo, foi só o começo dessa aventura do conhecimento.

Visitamos também o Páteo do Colégio, o Mercado Municipal, a Vila Inglesa e a Estação da Luz. Todos estes marcos são memórias vivas do crescimento e da importância da cidade.

Em seguida, partimos para o segundo eixo em importância cultural e econômica da cidade: a Avenida Paulista. Lá visitamos o Parque Trianon (com sua reserva de mata atlântica no meio da cidade), o MASP e caminhamos pela avenida contemplando os imensos e imponentes arranha-céus até outro ponto importante da história política e cultural de São Paulo e do Brasil: a escadaria do prédio da Gazeta, palco de comemorações e manifestações que mudaram a trajetória de nosso povo.

Escondido entre de centenas de prédios, nosso centro histórico ainda é testemunha de momentos cruciais da formação do espaço e da comunidade a que fazemos parte: visitá-lo é sem dúvida conhecer mais de nós mesmos. ”

José Roberto Dias

Coordenação EF 2

Sunday

Os alunos que quiseram assistir a final da Copa do mundo de futebol, acordaram bem cedo e foram tomar café. As 8 horas estávamos em frente aquela televisão pequena de tubo, típica dos anos 90 da casa da vó.

Mas a torcida, para a Croácia não deu resultado. Coisas do futebol. Enquanto os brasileiros apoiavam a seleção quadriculada, o Bugallo torcia pelos bleus. Estamos convivendo com 5 franceses aqui. Eles preferiram assistir em um quarto ao lado, mas receberam os nossos cumprimentos ao final do jogo.
O dia foi ensolarado e muito quente em Whistler. Passou dos 31° C, o que é quase um milagre por aqui. As pessoas ficam bem alegres, e você vê muitas famílias passeando, andando de bicicleta.

Fomos até o Lost Lake, por volta das 11 horas. Descemos dos dormitórios até o ponto de ônibus da Village. Uma caminhada de 5-7 minutos em descida. De lá fomos de ônibus até o lago. Estava muito quente e água e sombra, eram os lugares mais convidativos. Aqui é a praia deles e eles usam como uma mesmo.

Tem um vídeo que postarei aqui para vocês terem uma ideia. A maioria deles porém, fica na grama tomando sol. Este lugar é bem bonito e a água estava fria, bem diferente das congelantes dos outros dias.

Após comermos pizza lá mesmo, fomos caminhando até a Village. Foram 1,3 km realizados em uns 15 minutos. Lá o pessoal teve então 1 hora e 15 minutos para fazer o que quisessem. Alguns foram comprar, outros passear e outros pegar o Wi-Fi do Starbucks.Todos voltaram animados depois das compras.

Lembram que outro dia, 4 mexicanos chegaram atrasados e tiveram que desmontar a barraca de todos. Eu disse na postagem que aquilo era aprendizado para todos. Pois hoje, todos os acampantes, estavam lá pelo menos 5 minutos antes do horário.

Como domingo é o dia em que chegam novos acampantes, as atividades depois do jantar foram para conhecerem uns aos outros. Quatro grupos formados aleatoriamente e todos participaram das quatro

SEE-SAW Plus

toddler augost

A SEE-SAW  apresenta mais um importante diferencial: o período estendido e flexível.
Implementado em agosto de 2018, o programa é uma proposta de extensão ao currículo oferecido pela manhã, sob medida para as famílias que precisam deixar os filhos até mais tarde na escola.
Voltado para alunos do Toddler, K3 e K4, ele oferece horário flexível, elaborado de acordo com a necessidade de cada família; e contempla atividades diversificadas, como Music Class, Body and Movement, Gardening, Arts, Cooking Class, Science, Storytelling e Iniciação à Cultura Brasileira.
Diferente do currículo oferecido na parte da manhã, organizado em projetos, sequências, atividades permanentes e aulas com professores especialistas, o SEE-SAW Plus estimula múltiplas habilidades através de experiências dinâmicas, ampliando aprendizados e a fluência na língua inglesa. Com infraestrutura para almoço, descanso e variadas práticas educativas, o programa atende distintas demandas familiares e promove o desenvolvimento global dos alunos.
As crianças participantes desse programa almoçam na escola e depois vivenciam tardes plenas de aprendizado, brincando imersos na segunda língua ou em atividades que também valorizam a cultura brasileira.
Desenvolvido para auxiliar o aprimoramento de importantes habilidades já no início da vida escolar, o programa SEE-SAW Plus também permitirá que as famílias usufruam da comodidade de estruturar uma rotina mais tranquila sabendo que os filhos serão incentivados a desenvolver todas as potencialidades ao mesmo tempo que recebem os cuidados necessários. 
Para os interessados teremos também a opção de frequência apenas no período da tarde.
Venha nos fazer uma visita e conhecer o programa SEE-SAW Plus.
Mais informações no telefone 3758-2241 ou no e-mail contato@see-saw.com.br
Horários e Preços

Horários e Preços

1) A família estabelece o horário desejado e informa a escola com até três dias de antecedência. (Opção com agendamento)
Das 12 às 13 horas, o custo será de R$ 30,00 incluindo o almoço.
Após esse horário, cada hora custará R$ 15,00 com tolerância de 15 minutos.
As crianças poderão ficar na escola até às 18 horas.

2) No período da manhã, a família informa que a criança não sairá ao meio dia e sim mais tarde. Após o almoço ou somente às 18 horas, por exemplo. (Opção sem agendamento)
Os preços da opção 1 são reajustados em 20%.

Lembramos que o horário é flexível e poderá ser montado de acordo com a conveniência das famílias.

Qualquer dúvida estamos à disposição.

IMG_20180829_153409746IMG_20180829_153340777IMG_20180829_153327543_HDRIMG_20180829_153247365IMG_20180829_153229246IMG_20180829_153213678IMG_20180829_153224898

Tietê, para onde vai você?

Como segunda parte do projeto “Caminho do Tietê”, que abrange conhecimentos de Meio Ambiente, Ecologia, Colonização e Bandeiras, os alunos do 6º ano realizaram um Estudo do Meio que acompanha o caminho do rio desde São Paulo (Alto Tietê) até a cidade de Barra Bonita (Médio Tietê). Dentre muitas atividades ao longo desse percurso, como visita ao Memorial Tietê, ao Parque de Lavras, ao Parque das Monções – de onde saiam expedições, que duravam até seis meses, para o Mato Grosso, levando suprimentos e trazendo ouro – houve um intercâmbio com a EMEFEI Oscar Novakoski.  O projeto tem por objetivo aprimorar os conhecimentos trabalhados em diversas disciplinas e sua relação com o cotidiano, desenvolver relações interpessoais em diferentes situações e locais do ambiente escolar, além de conhecer e compartilhar poesias com os alunos da escola de Dois Córregos (cidade da poesia). Esta parceria com a EMEFEI Oscar Novakoski, organizada pela professora Talyta de Língua Portuguesa e Alex de Educação Física, teve acompanhamento da Secretaria da Educação e foi divulgada nos meios de comunicação pela Prefeitura de Dois Córregos. Os alunos do 6º ano conheceram também uma Estação de Tratamento de Esgotos, que devolve a água em boas condições para o rio, e também uma cerâmica industrial e uma cerâmica artesanal, onde puderam refletir, com a ajuda do professor Vinicius de Geografia, sobre o processo industrial e as condições de trabalho dos operários. O almoço foi a bordo de um navio que realizou a eclusagem na barragem da Usina Hidrelétrica de Barra Bonita.

José Roberto Dias – Coordenação Pedagógica Ensino Fundamental 2

21º Arraiá SEE-SAW Panamby

Fernanda e Rafaela 4 A

No próximo 9 de junho acontecerá o 21º Arraiá da SEE-SAW Panamby. Entre alunos, pais, professores e convidados, são esperado mais de 850 pessoas.

Quadrilhas, barracas típicas e brinquedos são as atrações principais e mais uma vez, nosso bingo será em prol do Projeto Casulo.

Os convites são vendidos apenas de maneira antecipada e alunos e ex-alunos não pagam.

Compareça.