Desperdício Zero

Os alunos do 7º ano, incomodados com o desperdício de alimentos observado durante o horário do almoço, elaboraram um projeto contra esse desperdício. Orientados pela professora Anna Paola, de Matemática, fizeram o planejamento e partiram para a ação. Divididos em duplas, durante vários dias, contaram quantas pessoas deixavam comida no prato após o almoço.  Perceberam que mais da metade das pessoas devolvem os pratos com comida. De imediato, elaboraram uma campanha e foram em todas as salas de aula, do K5 até o 3º ano do Ensino Médio, utilizando diferentes estratégias de apresentação para conscientização dos alunos. Além disso, elaboraram cartazes que foram fixados no refeitório. Agora farão um novo levantamento de dados para verificar o efeito da campanha, e utilizando os conhecimentos trabalhados na matemática, como regra de 3, porcentagem, unidades de medida e outros, irão elaborar tabelas e gráficos. Os resultados deste projeto serão apresentados no Sábado Cultural.

Anna Paola Pagano – Professora de Matemática

José Roberto Dias – Coordenação Pedagógica Ensino Fundamental 2

 

Olimpíada Interna de Matemática

No início deste mês, os alunos do 6º ao 9º ano participaram da Olimpíada See-Saw/Panamby de Matemática.

Nesta proposta, elaborada pelas professoras Anna Paola e Romilda, o objetivo é envolver os alunos em uma atividade em que eles possam perceber a beleza da matemática, que ela está em tudo no nosso entorno. E que a matemática de sala de aula ajuda bastante, mas não necessariamente quem tem as melhores notas nas provas consegue ter mais facilidade para resolver os desafios. Abaixo colocamos alguns exemplos dos desafios enfrentados. Se você não encontrar a resposta, pergunte a seu filho, vai ser divertido!

A premiação desta olimpíada será no auditório da escola, no Sábado Cultural.

José Roberto Dias

Coordenação Ensino Fundamental 2

 

Você está caminhando no Parque do Povo e à sua frente caminham 2 mães, 2 filhas, uma avó e uma neta. Quantas pessoas caminham na sua frente?

Se um tijolo pesa um quilo mais meio tijolo, quanto pesa um tijolo e meio?

Um elevador pode levar 20 adultos ou 24 crianças. Se 15 adultos já estão no elevador, qual é o número de crianças que ainda podem entrar no elevador?

Os Jogos Matemáticos no K5

Em nossa rotina, propomos o trabalho com jogos que, além de auxiliarem o aprendizado de certos conteúdos e conceitos matemáticos, contribuem para a integração e o respeito entre os alunos, de forma que o “espírito esportivo” esteja presente durante as interações, como: saber perder; esperar a sua vez; compartilhar vitórias etc.

Assim, de forma lúdica e criativa eles aprendem tantos os conteúdos da matéria quanto os de valores sociais e de convivência em grupo.

Conheçam alguns jogos que permitem esse trabalho:

Batalha das Cartas
image

Distribuímos a mesma quantidade de cartas entre dois participantes. Cada um lança uma carta, quem tirar a de maior valor, recolhe as demais da mesa. Vence quem tiver mais cartas no final do jogo.

Com este jogo as crianças exercitam a contagem e o reconhecimento dos números, além de compararem o maior e o menor.

image

Jogo da Velha

O jogo da velha promove o desenvolvimento do raciocínio lógico-matemático, a motricidade (coordenação viso-motora e destreza para manipular os objetos); a criação de estratégias e a antecipação das jogadas.

Capturar

Jogo da Bomba

imageEste jogo é composto por duas árvores, várias maçãs e dois dados, sendo que no lugar do número 6, há uma bomba desenhada. A cada jogada, a criança coloca na sua árvore as maçãs correspondentes ao número sorteado nos dados. Quando é a bomba que cai no lançamento dos dados, todas as maçãs devem ser retiradas. Vence aquele que completar sua árvore primeiro, com 12 maçãs.

Capturar2

Professoras: Débora Rick e Flávia Sanches